quinta-feira, 19 de junho de 2008

Tecnologia Infernal (português)

A maior provocadora de doença, miséria e violência

Ao revelar para os homens o segredo do fogo, Prometeu permitiu que se tornassem tão poderosos quanto os deuses. Então, para torná-los novamente submissos e humildes, Zeus envia Pandora, mulher mais bela e encantadora, com o coração cheio de artimanhas, imprudência e astúcia. Na despedida, Zeus entrega-lhe uma caixa bem fechada, contendo todos os males que pudessem infernizar a humanidade, advertindo que não deveria ser aberta. Pandora, no entanto, curiosa e imprudente abriu-a; desde então todos os males que fazem os seres humanos sofrer até hoje saíram de dentro daquela caixa. Desta história da Mitologia Grega ficou a expressão "Caixa de Pandora", utilizada para se dizer que alguma coisa aparentemente inocente ou bela pode provocar grandes catástrofes.

Como a bela, encantadora e perigosa Pandora, a tecnologia também exerce fascínio sobre os homens, ao prometer ampliar ilimitadamente tempo e espaço, para resolver todos os problemas de doença, miséria e violência.

Mera ilusão!

Aparentemente ela está resolvendo mas, ocultamente, a situação mundial está piorando cada vez mais. A cada avanço tecnológico de nossa era, aumenta a destruição ecológica interna e externamente. Como os rios e florestas do planeta Terra, o nosso sangue e a nossa fauna/flora intestinal estão sendo insensivelmente devastados e poluídos.

Tudo é útil para quem sabe utilizar. A função original da tecnologia é ampliar a capacidade de solucionar problemas. Entretanto, o ser humano está perdendo a sensibilidade instintiva para perceber os limites de utilização dessa poderosa alavanca e, conseqüentemente, inutilizando, degenerando a própria alavanca-viva que é. A potência tecnológica, externa, mecânica, dependente, custosa é complementar. A potência instintiva, interna, orgânica, gratuita é que é a parte principal de nossa existência psicossomática. Não se deve inverter esse relacionamento alavancador.

No meio do presente dilúvio tecnológico infernal, que ameaça afogar a humanidade, precisamos encontrar uma solução estratégica para sobrevivermos individual e solidariamente. Para enfrentar as calamidades que já estão transbordando da "Caixa de Pandora Tecnológica", precisamos encontrar uma "Arca de Noé Instintiva".

Nesse sentido, esperamos encontra-lo durante o XXXI Seminário Internacional de Inverno, quando treinaremos juntos nosso critério útil alavancador, que possibilita enfrentar as três desgraças da humanidade, transformando-as evolucionariamente nas suas maiores graças.

PRÓXIMOS EVENTOS (clique nas imagens para mais informações)

PRÓXIMOS EVENTOS (clique nas imagens para mais informações)
Encontro para a Auto-Comprovação de Março/2017